Quais são as razões para aderir aos eletrônicos?

0 comentários

Acima de tudo, pela sua saúde.

Os principais riscos de saúde relacionados com o tabagismo referem-se às doenças do sistema cardiovascular, enfarte do miocárdio (ataque cardíaco), doenças respiratórias como a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) e Enfisema, e Cancro, particularmente Cancro do Pulmão, da Laringe e da Boca. Estima-se que as doenças relacionadas ao tabagismo mataram em 2010 seis milhões de pessoas em todo o Mundo, doze mil em Portugal.

O tabaco é composto por: Alcatrão, Nicotina, Ácido cianídrico, Monóxido de carbono, Compostos cancerígenos... Além destes produtos químicos, o tabaco tem altas quantidades dos isótopos radioativos: Polônio-210 e Chumbo-210.

De todas as substâncias prejudiciais à saúde encontradas num cigarro convencional, o Cigarro Electrónico apenas contém Nicotina (nas versões com Nicotina), tal como os produtos farmacêuticos usados para deixar de fumar.

Os restantes ingredientes da solução líquida de um cigarro electrónico são totalmente inofensivos para a saúde, sendo Propilenoglicol o ingrediente em maior percentagem, responsável pela criação da névoa que simula o fumo de um cigarro convencional e pelo transporte da nicotina (quando existente) até aos pulmões.

Não é inflamável, eliminando as mais de 4000 substâncias químicas. Elimina também o risco de incêndio. Não é prejudicial para as pessoas em redor – não existe fumador passivo e pode ser utilizado de forma segura em locais designados por “não fumadores”.

Deixe um comentário

Todos os comentários do blog são verificados antes da publicação
[time] atrás, de [location]
As configurações de cookies neste site são definidas para 'permitir todos os cookies' para fornecer a você a melhor experiência. Clique em Aceitar Cookies para continuar a usar o site.
Você se inscreveu com sucesso!
Este email foi cadastrado.
Newsletter
ico-collapse
0
Vistos recente
Top
ic-expand
ic-cross-line-top